Acordo sobre Florestas pode prejudicar o meio ambiente e ao mesmo tempo recompensar as empresas investidoras

 Acordo sobre Florestas pode prejudicar o meio ambiente e ao mesmo tempo recompensar as empresas investidoras

29 de Novembro de 2010
Um novo informe dos Amigos da Terra Internacional mostra que projetos florestais perigosos estão sendo estabelecidos em países com florestas tropicais, julgando de antemão os resultados da inclusão do tema do desmatamento nas negociações sobre o clima realizadas pela ONU. O informe é lançado no primeiro dia da 16° reunião da Convenção do Clima.

O informe dos Amigos da Terra – “REDD: as Realidades em Branco e Preto” – revela que novos projetos que estão sendo aprontados na expectativa de um acordo sobre a “Redução de Emissões do Desmatamento em Países em Desenvolvimento” (REDD) podem causar mais dano do que benefícios.

Estudos de caso realizados por grupos membros dos Amigos da Terra em vários países mostram claramente que os Povos Indígenas e comunidades locais estão sendo marginalizados no desenvolvimento destes esquemas. Enquanto as comunidades são prejudicadas, as corporações e grandes investidores tentam arrancar vultosos retornos financeiros. Grandes corporações transnacionais incluindo a BP, Shell e empresas de energia estão se afiando para REDD como uma nova oportunidade de negócios.

Muitos dos projetos no chão e a maioria das propostas nas negociações da ONU relacionam REDD aos mercados de carbono, o que iria multiplicar ainda mais os riscos de depender das oscilações dos preços e dos mercados de carbono. Isto em essência iria permitir a privatização das florestas para gerar créditos de carbono de modo que países ricos e industrializados possam comprar seu direito de poluir.

Além disso, estes projetos piloto e uma fraca definição de floresta utilizada pela ONU poderiam permitir a continuidade da extração madeireira e a substituição de florestas antigas e nativas por plantações industriais de árvores.

 O coordenador do programa de Justiça Climática do Amigos da Terra Internacional Joseph Zacune disse:

“Os governos estão promovendo propostas perigosas para as florestas através das negociações sobre clima da ONU que colocam em risco as comunidades e o meio ambiente. Estes estudos de caso mostram que há uma corrida dos investidores corporativos para lucrar com esquemas florestais que não irão fazer nada para reduzir emissões e ainda poderiam prejudicar as comunidades locais”.

FIM

NOTAS:

1. O lançamento do informe dos Amigos da Terra Internacional coincide com o primeiro dia da 16ta Conferência das Partes (COP 16) da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (CQNUMC). A COP 16 estará acontecendo em Cancún, México, de 29 de novembro até 10 de dezembro de 2010.
2. O informe dos Amigos da Terra Internacional “REDD: as Realidades em Branco e Preto” está disponível em várias línguas em:
www.foei.org/redd-realities (Inglês)

www.foei.org/redd-realities-fr (Francês)

www.foei.org/redd-realities-sp (Espanhol)

www.foei.org/redd-realities-pt (Português)
3. Para maiores informações sobre as ameaças relacionadas às negociações do mecanismo de Redução de Emissões do Desmatamento em Países em Desenvolvimento, ver nosso informe sobre os Mitos de REDD: http://www.foei.org/en/resources/publications/pdfs/2008/redd-myths/view

3.  Para entrevistas, por favor entre em contato com:

Joseph Zacune + 44 – 7967877593 (celular Reino Unido)
Isaac Rojas +  52 1 –  998 108 0339 (celular México)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: