PACOTE DE CANCUN APENAS EVITA O COLAPSO E DEIXA QUIOTO EM ESTADO CRÍTICO

CANCUN, MÉXICO, 11 de dezembro de 2010 – O acordo adotado nas negociações do clima da ONU não tiveram progresso no tema mais importante: a redução de emissão profunda e vinculante dos países desenvolvidos. Amigos da Terra Internacional adverte que este acordo brinda uma plataforma para abandonar o Protocolo de Quioto, substituindo-lo por um sistema débil de promessas e considerações como legado do Acordo de Copenhague, que conduziria a um aquecimento devastador de cinco graus Celsius (1).

Nnimmo Bassey, presidente de Amigos da Terra Internacional disse: “O acordo alcançado aqui é totalmente inadequado e poderia provocar mudança climática catastrófica. Os países ricos, que são os principais responsáveis pela mudança climática, encabeçados pelos Estados Unidos, junto à Rússia e Japão, são os culpados da falta de maior ambição que se necessita de forma desesperada. É uma bofetada a quem já sofre pelas mudanças climáticas. Mas ao final, todos nós seremos afetados pela falta de ambição e de vontade política de um pequeno grupo de países”.

Para evitar a mudança climática catastrófica se necessita um acordo que inclua metas totais com base na ciência para os países desenvolvidos em virtude do Protocolo de Quioto, mediante o qual os países ricos reduzan suas emissões em pelo menos 40%, e sem mercados de carbono, compensação, nem vazios legais. Os mercados de carbono não são a solução às mudanças climáticas se não como somente um meio para que os países ricos continuem seus negócios como de costume.

Apesar da falta de avanço em temas fundamentais, foram observados progressos em outras áreas. O estabelecimento de um Fundo Mundial para o Clima é um passo adiante que temos que seguir avançando. Entretanto, os 100 milhões de dólares, que se colocaram à disposição para este fundo, não estão de acordo com a equidade nem a necessidade. Os países ricos devem cumprir com suas obrigações de oferecer suficientes fundos públicos para os países em desenvolvimento para que possam desenvolver-se de forma limpa e se adaptem aos impactos das mudanças climáticas, que já sofrem. Também se observou avanço na adaptação para ajudar aos países pobres a enfrentar os impactos das mudanças climáticas. Não é aceitável que o Banco Mundial jogue um papel no financiamento climático.

Lucia Ortiz de Amigos da Terra Brasil disse: “Os mecanismos para deter o desmatamento não devem permitir aos países ricos continuar emitindo carbono. As florestas não são somente reservas de carbono e não deveriam ser comercializados”.

Nnimmo Bassey disse: “A ONU continua sendo chave para a resposta coletiva da humanidade a esta crise e vemos que o processo multilateral está avançando. Entretanto, a ONU é tão forte como os países que a integram. Não foi possível ter o progresso que era necessário e, Cancun porque os países ricos, que são os principais responsáveis pela contaminação climática, o impediram. Os países ricos trataram de atacar o Protocolo de Quioto e agora o Protocolo está em estado crítico, devemos redobrar nossos esforços no próximo ano para revive-lo”.

Lucia Ortiz de Amigos da Terra Brasil, disse: “Aplaudimos a posição valente e com base nos princípios da Bolívia, que tem pedido de forma consistente que se tomem medidas ambiciosas. A Bolívia veio aqui com um mandato do Acordo de Cochabamba e escutou às milhares de pessoas em Cancun. A gente em todo o mundo está saindo às ruas para demandar soluções reais à crise climática. O movimento está crescendo, como vimos em Cancun e Amigos da Terra Internacional continuará pressionando aos governos para que consigam um acordo que o mundo necessita, nopróximo ano em Durban”.

MAIS INFORMAÇÕES:

-Lucia Ortiz +52 (1) 9982058925 (celular mexicano), lucia@natbrasil.org.br

-Nnimmo Bassey  +52 (1) 998 137 74 93 (celular mexicano), nimmo@eraction.org

www.foei.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: