Com pesar, comunicamos o falecimento de Giselda Castro

 Aos 89 anos de idade, faleceu em Porto Alegre, a D. Giselda Escosteguy Castro. Defensora da militância feminina, destacou-se mundialmente ao levar aos financiadores dos grandes projetos brasileiros a preocupação com as questões ambientais e sociais. Juntamente com a D. Magda Renner, participou de eventos internacionais que discutiram a validade da atuação dos mecanismos de financiamento multilaterais para os projetos na Amazônia e em outros lugares da Terra. Militante da Ação Democrática Feminina Gaúcha – ADFG – encaminhou as modificações no estatuto para institucionalização no Brasil dos Amigos da Terra Internacional, via transformação da ADFG no Núcleo Amigos da Terra Brasil – NAT Brasil.

Lúcia Ortiz, Coordenadora-Executiva do NAT, está encaminhando à família e também aos Amigos da Terra Internacional, nota de condolência. Para Lúcia, perdeu-se a fundadora dos Amigos da Terra Brasil, companheira de lutas de Magda Renner e pioneira do movimento ecológico. Nos despedimos agradecidos por sua coragem e inspiração demonstrados em inúmeros momentos da militância. Em manifestação à Zero Hora (edição desta segunda-feira, 5/3/2012), o jornalista Juarez Tosi, Coordenador do Núcleo de Ecojornalistas do RS, lembrou que o grupo em que Giselda participava foi fundamental para a preservação de áreas da cidade: – Eles eram fortes e conscientes. Giselda trabalhou pela defesa dos morros de Porto Alegre e da região de Itapuã, que transformou-se em parque.

 
 
 
 
 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: