Dia de apresentações e decisões na CasaNat

assembleia Na tarde do último sábado (29), a CasaNat recebeu nova assembleia dos Amigos da Terra Brasil. O evento proporcionou aos convidados a oportunidade de conhecer as reformas realizadas na nova sede da organização e contou com a mostra das atividades feitas pela atual gestão no decorrer do ano de 2013. Fernando Campos Costa, atual presidente dos Amigos da Terra Brasil, fez questão de salientar que as parcerias foram essenciais para a concretização dos projetos idealizados no decorrer da gestão. “Nada foi feito de maneira isolada, o objetivo sempre foi fazer parte do movimento e não ser o movimento em si”, Afirmou Fernando.

A participação efetiva nas jornadas de junho do ano passado junto à luta pela revogação do aumento da tarifa dos ônibus foi uma das atividades apresentadas, além da luta pela preservação do cinturão verde da zona sul de Porto Alegre, e das Quartas-Temáticas, espaço na sede aberto ao público onde se tratam de temas importantes à sociedade, contando com a colaboração de convidados engajados no assunto proposto. Outro importante projeto foram os grupos de estudo de Filosofia Política e de Educação Popular Ambiental, que consistem em encontros mensais com o intuito de instigar trocas de experiências e aprofundamento em questões críticas ao futuro da sociedade e do ecossistema. Na área da comunicação, a proposta é de maior entrosamento com a população em geral e com os associados, buscando maior participação de todos através das redes sociais, blog e site. Um resultado concreto das parcerias bem sucedidas da ONG foi o documentário “Cinturão Verde de Porto Alegre: Território em disputa”, que trata da delicada questão da Zona Rural de Porto Alegre e o projeto da prefeitura da Capital que delimita sua existência após 15 anos sendo desconsiderada. Fruto da parceria entre o Instituto Econsciencia, o Coletivo Catarse e os Amigos da Terra, a apresentação em primeira mão do vídeo encerrou a tarde da Assembleia.

No decorrer da reunião, foi apresentado o relatório financeiro dos Amigos da Terra Brasil pela tesoureira Clarissa Abreu, que enfatizou o desafio do novo mandato da gestão em aumentar os recursos de doações, que atualmente representam apenas 1% da receita, sendo 99% oriunda da verba de projetos. Foi aprovado por unanimidade o resultado financeiro e a permanência dos projetos que disponibilizaram recursos nos últimos anos, como o convênio com a organização finlandesa Siemenpuu, na área de floresta e biodiversidade. Em seguida, foi feita a votação referente à construção da ata para criação dos novos conselhos diretor, financeiro e consultivo. Por último, foi decidida a permanência da presente diretoria à frente da instituição.

Texto e foto: Vinícius Zuanazzi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: